Vc é uma ROSA de DEUS !

Vc é uma ROSA de DEUS !
“Os poderosos podem matar uma, duas ou três rosas, mas jamais conseguirão deter a primavera inteira!” Che Guevara

O que vc acha do blog da CRIZ COCA?

meus videos

Loading...

Seguidores

visitas now

Pesquisar este blog

1984 FICÇÃO OU REALIDADE?

segunda-feira, 10 de maio de 2010

CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DO VALE DO SÃO FRANCISCO-CESVASF

PÓS GRADUAÇÃO DE LINGUA INGLESA

LITERATURA INGLESA

PROFESSOR: RAUL FERREIRA

1984
FICÇÃO OU REALIDADE?

CRISTIANE OLIVEIRA



RESUMO

O livro “1984” foi escrito por George Orwell deu origem ao filme homônimo e inspirou o reality show Big Brother .A história se passa no "futuro" ano de 1984 na Inglaterra, ou Pista de Pouso Número 1, parte integrante do megabloco da Oceania. Há indícios de que o título original seria 1948 , porém ,foi alterado para 1984 por pressão dos editores, podendo ser também uma espécie de ironia para vislumbrar um futuro de acordo com os acontecimentos do presente . A sociedade descrita na obra vive sob um regime totalitário e tem todos seus passos minuciosamente monitorados por telas que respectivamente estão em quase todos os lugares. Este artigo busca entender mais especificamente a questão do controle da informação repassada a essa sociedade e alguns métodos utilizados para manipular as verdades divulgadas estabelecendo uma comparação com nossa atual realidade ,no tocante à manipulação de poderes desde ,políticos e religiosos, até a falta de privacidade que outrora nos é imposta .


PALAVRAS CHAVES : IDEOLOGIA POLÍTICA IMPOSTA ,DITADURA MILITAR, PROGRAMAÇÃO TELEVISIVA.MONITORAÇÃO DE PODERES, FALTA DE PRIVACIDADE.


INTRODUÇÃO

Se você quer uma imagem do futuro, imagine uma bota prensando um rosto humano para sempre.”


É nessa perspectiva que 1984, de Eric Arthur Blair, mais conhecido pelo pseudônimo de George Orwell. Publicou em 8 de junho de 1949 o mais famoso de seus romances ,escrito dois anos antes de sua morte .Tuberculoso,sabendo que o fim se aproximava lutou contra o tempo para colocar no papel a sua visão acerca de um mundo que tanto o desapontava e que fugia de todos os sonhos de fraternidade e solidariedade dos antigos socialistas.

Sua obra retrata o mundo dividido em três grandes “superestados” :Erásia, Lestásia e Oceania. Segue:

O mapa do mundo de acordo com 1984. Em rosa, as áreas dominadas pela Oceania.Em roxo, a Eurásia e, em verde, a Lestásia. Em amarelo, as áreas sob disputa.

Esses três “superpoderes” estão interligados em uma aliança em guerra permanente, onde tem por finalidade manter o poder do grupo dominante.

A obra é o apocalipse da literatura Inglesa ,pois é como se ele soubesse que anos depois as pessoas tanto no âmbito da política quanto da religião ,viveriam situações semelhantes ao que fora lançado como uma simples obra de ficção científica .

A Sociedade é dividida em três escalas dos integrantes do Partido Interno ,integrantes do partido externo e os chamados “proles” que representam a classe baixa, sendo esta a maior parte da população dotados de pouca instrução. ( IGNORANCIA É FORÇA ) essa era uma das frases de incitamento usadas pelo chefe supremo do partido O BIG BROTHER.O cotidiano de um regime político totalitário é basicamente o enredo, sob a perspectiva da Oceania,mostra como “teletelas” permitem que o grande irmão vigie os indivíduos e mantenha o sistema político cuja coesão interna é obtida não só pela opressão, como também pela construção de um idioma totalitário, a Novilingua ,criada com a finalidade de a longo prazo impedir qualquer idéia contraria ao partido ,uma vez que tinham o poder de persuadir a todos transformando uma mentira em verdade ,surgia um senso comum ,formando assim uma nova ideologia. Frases como “o grande irmão zela por ti” causavam frenesi nas pessoas , tal como ocorria na Alemanha , onde a ideologia nazista pagã havia sido imposta .Hitler era o salvador da raça Ariana bem como para os cristãos “ Jesus Cristo havia trazido a salvação à todos os pecadores.

Através de metáfora o autor expõe de forma atrativa a tirania como o mais completo inventario de todos os pesadelos numa época em que a modernidade, por meio dos recursos tecnológicos, sufocará os indivíduos, neutralizando sua história, sua língua e, sobretudo seus sonhos.Winston Smith,obscuro funcionário do ministério da verdade de Oceania,terá um papel fundamental em um tempo onde a mulher servirá apenas para a procriação ( mais uma vez nos remeterá a ideologia de Hitler para manter a raça Ariana ) .O Winstson é incentivado pelo seu amor por Júlia e por um membro do partido interno ,”O`Brien ,passa da indiferença à rebelião contra a sociedade em que vive.Acaba por descobrir,principalmente após ser submetido ao aterrorizante quarto 101, o chamado "pior lugar do mundo", todo homem tem os seus limites na qual levou um caminho sem volta ,devido ao ambiente ele foi impulsionado a não se rebelar contra o grande irmão ,a tortura de idéias era uma forma de conseguir convencer a apoiar o grande irmão, provando que embora sejamos contra determinadas atitudes ,nos sujeitamos a ela “somos o produto do meio que vivemos”.Observe quantos políticos criticam a postura de determinados partidos de direta, mas quando estão no poder ,agem da mesma maneira por medo de sofrer alguma punição .É triste dizer que nossa política ainda é uma sociedade oligárquica coletivista,capaz de reprimir qualquer um que se opuser a ela.

A profecia da existência “soberana” do grande irmão vem se cumprindo com louvor atualmente,querendo ou não é “um líder” que muitas vezes passa despercebido podendo ser uma religião,emissora,políticos,é preciso ficar atento aos fatos contemporâneos etc.

O presente trabalho consiste também na análise crítica e psicológica da obra, a fim de suscitar questionamentos e promover a reflexão acerca dos pontos convergentes entre a ficção de Orwell e a realidade que ora se vislumbra, bem como os pilares que a respaldam.

1. POLITICA RELIGIÃO E PODER .

Os temas do discurso político pós 64 são reveladores de uma dada ideologia : ocorre ,no mundo uma luta entre a civilização cristã ocidental e o comunismo ateu.Essa guerra é psicológica ,pois ocorre no coração e nas mentes dos homens ,por isso,ela é travada no interior de cada país.

( FIORIN,2003, Língua e Ideologia )

Orwell,merece respeito por sua acurácia,ele foi de claridência incrível ao nos mostrar como funcionava a mentalidade do socialista e quais as conseqüências disso.É incrível como no estado totalitário criado por esse profeta o poder e a tirania de uma entidade mantém pleno controle da ordem social ,em que por meio da vigilância é absoluta a individualidade é invadida constantemente .Ao longo de décadas as transformações socialistas formam uma espécie de base para o desenvolver de tudo os nazistas e bolcheviques são exemplos de resultados práticos do socialismo . O autor descreveu em que se transformaram as nações socialistas O ministério da verdade é a prova de manipulação de poder o personagem Winstson tinha total liberdade para alterar informações que viessem a comprometer o partido ,vale lembrar que a propaganda de Stálin e sua “cortina de ferro” também não deixavam transparecer o mundo as atrocidades cometidas em casa.

Logo no primeiro capitulo a frase “o grande irmão zela por ti” era a legenda utilizada pelo partido para impor a ideologia do grande irmão (big brother) sob aquele povo.Os lideres do partido embora sendo a minoria tinha o poder de impor essa ideologia à população e isso ocorre constantemente , nós enquanto “população” somos submissos aos lideres políticos e religiosos.Os partidos mudam notas de fatos verídicos para favorecê-los ,assim como ocorreu com os nazistas ocorre atualmente não só através das emissoras de televisão mais principalmente com o uso da internet uma vez que a informação toma proporções maiores e com mais rapidez.

O lema do partido INGSOC era :

GUERRA É PAZ .

LIBERDADE É ESCRAVIDÃO.

IGNORANCIA É FORÇA.

Max e Angels , em A ideologia alemã dizem que “ linguagem é consciência real”.

Baktin ,diz que a ciência constitui um fato “socioideologico”,pois a realidade da consciência é a linguagem. Uma população ignorante significava força para o governo e isso ainda é peso em nossa sociedade,constituída em grande parte de pessoas iletradas ,outros nunca se quer foram alfabetizados.O governo embora negue é o maior favorecido, pois quando uma sociedade é ignorante, tende aceitar tudo o que o governo lhe impõe .

1.2 DITADURA MILITAR .

Durante a ditadura militar no Brasil ,a massa culta da sociedade criticava essa postura do governo em forma de metáforas.Eles queriam ter LIBERDADE pra falar tudo o que pensavam ,mas a sua liberdade para criticar a postura do governo,fazia com que vivessem em ESCRAVIDÃO por ter que reprimir sua fala. Músicas como do renomado poeta Chico Buarque,que tanto enaltece a nossa literatura, como a canção “calice” a referida era uma sátira ao governo opressor . Os músicos,jornalistas,professores,foram fortemente massacrados, exilados em outro Pais ,jornais foram fechados ,nas universidades era proibido grupinhos de alunos pois eles poderiam estar tramando algo contra o governo .E em quanto isso a liderança nacional ficava com a mídia tentava manipular a população . Segundo alguns críticos dessa época a “jovem guarda” , grupo liderado pelo Roberto Carlos ,era uma febre na televisão, com músicas que traziam mensagens com a função de neutralizar o sofrimento,letras como “ eu só quero que você me aqueça nesse inverno e que tudo mais vá pra o inferno” deixavam boa parte da juventude transviado.Era uma tentativa de persuadir as pessoas a esquecerem do que acontecia na política no fim da década de 60 e meados de 70.

1.3 PROGRAMAÇÃO TELEVISIVA.

Hoje ,ainda temos muitos programas de televisão que servem apenas para o entretenimento das pessoas ,programas como o próprio BIG BROTHER BRASIL (reality show inspirado nessa obra de Orwell) ,fazem com que o Pais “páre” diante da televisão, esquecendo-se dos problemas políticos .

Estamos em um ano de mudança política , o atual presidente reeleito Luiz Inácio Lula da Silva, frequentemente se vê sujeito à criticas do partido rival ,pois algumas posturas que antes apoiava a exemplo do sistema agrário ,hoje se vê pressionado tanto pelos empresários quanto pelos sem terras .A televisão ainda é um grande veículo utilizado pelos políticos para manipulação de propagandas eleitorais ,embora tenhamos hoje a grande rede mundial de computadores, vulgo, Internet os políticos fazem de tudo para conquistar votos fazendo uso de todas as ferramentas que atraiam essa geração.Vale tudo para a conquista do eleitorado .Em contra partida, grande parte da população está mais preocupada com quem vai ganhar os programas de entretenimento , a exemplo tivemos o caso do DOURADO e a “máfia dourado” [ torcida da internet através de comunidades e etc ] eu nunca tinha visto um frenesi tão grande na internet como ocorreu com essa edição do bbb10 ,a emissora foi até parabenizada pelos produtores do programa no exterior, pois bateu recorde de votação e de aceitação do público ,sem falar que era nítida a manipulação da globo a favor do dourado para vencer o reality show,tanto é que ele venceu.Mas como não só de programas desse tipo vive o povo brasileiro ,o futebol ainda virá pra completar com o descaso das pessoas com relação ao melhor líder para o Pais .

No ano que será vivenciado a copa questionamentos do tipo: como será a copa do mundo na África ?Afinal ,é um Pais aparentemente sem condições financeiras ,será que dará conta ?Essas tem sido as maiores preocupações dos brasileiros e tudo isso como fonte eu tiro as redes sociais ,como o TWITTER,ORKUT,MSN e diálogos em sala de aula ,verdadeiramente a juventude parece não está nem ai para quem vai governar o País.É um triste fato mas é real.

2. MONITORAÇÃO DE PODERES.

Alguns orwellianos associam o Grande Irmão ao ditador soviético Joseph Stálin com alguns toques da propaganda nazi-fascista. Porém, outros o compara com às religiões. O Grande Irmão está em todos os lugares e vigia todos os seus passos. Nesta concepção, o Partido controla as emoções e tem a liderança invisível tal qual as igrejas. "Só obedeço ordens", "Não posso fazer nada" e "Isto é um dogma" são frases que justificam um poder inatingível.

Uma das formas de monitoração também seria o novo idioma oficial no megabloco da Oceania,embora os cidadãos falassem o Inglês todos os documentos deveriam ser escritos em novilingua (newspeak) pois no futuro eles só queriam esse idioma e todas as obras como as de Shakespeare ,Chancer,Milton,Byron...ETC.Só deveriam existir em versões novilingua ,além de transformadas em obras contraditórias.Até a literatura do partido deveria mudar por volta de 1050 ,afinal,como seria visto o conceito de “liberdade e escravidão” ?

A intenção do partido era abolir o conceito de liberdade,para não haver mais pensamento como hoje o entendemos.

Observa-se que esse conceito assemelha-se a algumas religiões cuja função é de apenas impregnar algo de maneira que o membro não pode nem se quer questionar que já passa a ser chamado de herege.Na visão “Orwelliana” o objetivo da Novilingua é estreitar a gama de pensamentos não haveria mais crimitéria todos viveriam em paz no capitulo 5 da página 55, o autor afirma que ortodoxia quer dizer não pensar ,logo,ortodoxia é inconsciência.Voltamos para as emissoras de TV como a rede globo tem grande influencia sob a população e o poder de manipular pessoas .

Ano passado a rede globo sentindo-se ameaçada pela rede Record,no Ibope,emissora essa comandada pelo líder religioso Edir Macedo ,que também de certa forma manipula através da igreja.A televisão brasileira vivenciou esse tipo de situação provocando nas pessoas o “duplipensar” .A intenção deles é convencer o telespectador de que são os melhores nem que para isso utilizem versículos bíblicos ,distorcendo essa realidade,muito comum no ministério da verdade tão bem ficcionada em 1984.

Esses dias eu vi um adesivo da Igreja Universal que dizia assim “ Eu era cegO [ na letra “O” havia a figura do mundo, remetendo à rede globo ]e agora eu vejO [ na letra “O” com o símbolo da Record ] e no final um versículo bíblico.Sinceramente,achei um absurdo,usar um versículo bíblico é claro que todos iriam apoiar a emissora protestante,eu não tenho nada contra a rede Record nem contra a globo só não vou concordar com pessoas que distorcem a bíblia sagrada afim de alavancar lucros.Essa foi uma das maiores provas de manipulação da televisão brasileira ,uma emissora que tem o poder sob os “evangélicos” religião que tem crescido bastante no Brasil ao longo da década de 90 segundo o IBGE .

Observe esse adesivo, esse com o símbolo da rede globo já inserido,certamente algum blogueiro fez essa adaptação mais clara.

Então , tanto no livro como atualmente ,eles usam as ferramentas que têm pra persuadir o publico.A intenção real é convencer o telespectador de que são os melhores .Em 1984 qualquer que ousar atacar o grande irmão sofrerá conseqüências como já falei anteriormente será perseguido até convencer-se de que ele é O MELHOR .

2.1 FALTA DE PRIVACIDADE.

Vale lembrar que os cidadãos são vigiados hoje em quase todas as repartições publicas ,isso tem trazido alguns benefícios para a população por outro lado também a total falta de privacidade o que é bastante preocupante no tocante à falta de ética profissional,até que ponto devemos ser vigiados ? Recentemente acompanhei pelo fantástico ,uma proposta dos Cientistas para o revistamento nos aeroportos se darem a partir de uma fotografia onde podia-se ver o corpo como se a pessoa estivesse despida , segundo os jornalistas ,isso vem gerando muita polêmica ,uma vez que ninguém quer se sujeitar a esse tipo de constrangimento .

O futuro para 1984 é o que vivenciamos atualmente.Hoje Pode-se afirmar que os cidadãos já se encontram sendo vigiados 24 horas por dia ,para prova disso temos os hotéis de luxo, bancos,hospitais,etc. Seriam as Teletelas Orwellinas ? Equipamentos que transmitem a programação oficial do Partido e monitoram simultaneamente o que se passa no local onde estão instaladas, captando som e imagem. No inicio do ano passado tivemos um caso no Brasil , de um hospital no sul do País ,onde todo o atendimento do médico era devidamente filmado e monitorado pelo Prefeito da cidade ,segundo o Prefeito só assim ele teria o controle do bom ou mau desempenho dos seus funcionários públicos .

Na distopia de Orwell os membros do Partido (Interno e Externo) são vigiados completamente. Apenas a prole não tem teletelas em seus lares. Muito mais do que uma televisão ou um computador, a teletela é um aparelho que envia e capta voz e imagem, facilitando o controle dos cidadãos. Estes aparelhos estão nos locais de trabalho, públicos (praças, cafeterias, etc.) com o propósito de controlar os membros do Partido. Nada muito diferente da precaução em nome da segurança e ordem pública da realidade.
Tal pressão psicológica atua como elemento eficaz, forçando as pessoas a cumprirem as leis e respeitarem os mandamentos do Grande Irmão.



CONSIDERAÇÕES FINAIS


A análise da obra, embora superficial, viabilizou a observação dos acontecimentos narrados pelo autor e o confronto com a realidade a partir de situações cotidianas e universais.

O livro foi escrito com o intuito de criticar a época na qual o autor vivia,pode-se posteriormente atribuir várias relações com o mundo contemporâneo. Deve-se analisar na atualidade elementos como: a manipulação da verdade por parte de algumas mídias, a dominação da população, principalmente mais pobre, algumas vezes de maneira não-declarada. Também, a falta de privacidade, que atualmente tem seu lado tanto positivo , quanto negativo muito forte. Ainda existem as Guerras por territórios ,ou até por ibope na televisão, fazendo uso até de questões religiosas bem peculiares, onde podemos perceber o quanto a religião ainda tem o poder de dominar as pessoas, de uma maneira geral,a Igreja Universal do Reino de Deus na pessoa do seu líder Edir Macedo e a rede globo liderada agora por empresários adeptos do espiritismo ,como também era o já falecido Roberto Marinho, que o diga, ambas podem ser consideradas uma das facetas do “Partido” na atual conjuntura.

São muitos os aspectos mostrados por George Orwell em sua obra. Fazendo uma alusão não declarada ao regime da época ele criou um futuro trágico. Esse futuro se parece em alguns aspectos com o nosso presente. É evidente que não passamos por situações tão radicais como as descrito na obra 1984, contudo, há uma frase que diz “devemos olhar o passado para entender o futuro” , se concretiza de certo modo nas analises que fiz para esse artigo.
Conforme reza o autor, seu ato de escrever “não se baseia só na experiência estética, consiste sobretudo no sentimento de partilha, na noção de injustiça e na necessidade de denunciar e chamar a atenção para um determinado fato”. O renomado escritor é de uma sinceridade incontestável o mesmo testemunhou e viveu quase tudo o que retratou em sua obra. Seus melhores momentos baseiam-se na própria experiência.

A critica à sociedade é visível em todos os níveis sociais possíveis, veja que segundo a biografia do autor , apesar de ter nascido em uma família de classe elevada, renúncia à sua origem burguesa, à fortuna, ao passado (que considerava vergonhoso) e ao próprio nome, adotando a alcunha de George Orwell. Primeiro em Paris, como operário, "linhão" de fábrica, e depois em Londres, como professor primário, sente, pela primeira vez na carne, o gosto amargo da opressão, da desigualdade. Passando a viver como peão, ensinou em diversas escolas e chegou a criar galinhas e plantar legumes, enquanto escrevia nas horas de folga. Morreu em 1950, aos 47 anos. Crítico violento do totalitarismo de todos os tipos, da exploração das massas trabalhadoras, do imperialismo e do colonialismo, pretendeu manter, sobretudo um espírito independente e profundamente ligado à realidade vivida, no que foi coerente até a morte.
Conclui-se então que embora seja um gênero de ficção, retrata fielmente os novos rumos que a humanidade segue, enveredando cada vez mais pelo caminho da pseudo coletividade que objetiva apenas a alienação massificada, culminando no controle total dos indivíduos.

REFERÊNCIAS :

Cury,Carlos R.J. ; Horta,J.S .Bahia,Brito,U.L.A.(org) medo a liberdade e compromisso democrático: LDB e Plano Nacional de educação .São Paulo: Editora do Brasil,1997.

Fiorin, José Luiz. Lingua e ideologia , São Paulo,SP:editora ática, 2003.

Livro 1984 - Edição Comemorativa - GEORGE ORWELL

ORWELL, George. 1984. São Paulo: Companhia Editora Nacional, 1998.

0 comentários:

 
__________________* | by TNB ©2010